Sunday, November 18, 2018
Banner Top

Pode ser difícil contrariar o argumento iluminista de que maior conhecimento – seja ele sobre o que for – é uma coisa boa.

 

Contudo, muitos académicos tem vindo a questionar-se se o aumento do entendimento público da ciência pode trazer benefícios para a população. Afinal de contas, a ciência parece ser apenas um dos muitos modos desenvolvidos para ajudar-nos a compreendermo-nos a nós próprios e ao mundo em que vivemos.

 

Ora, uma resposta a esta questão tem vindo a ser dada pela ideia de literacia científica. Este termo, deriva do conceito básico de literacia – ou seja, a capacidade de ler e escrever criticamente, por forma a exercer cidadania.

 

A literacia científica, por analogia, trata-se de um nível básico de entendimento da ciência e da tecnologia de que qualquer cidadão necessita para sobreviver numa sociedade tecnológica e para compreender o contexto social, cultural e físico em que esta se insere.

 

Existem muitos argumentos a favor da melhoria da literacia científica. O mais conhecido é o de que a ciência é parte da nossa cultura e do nosso património e, por esse motivo, todos devem ter direito ao conhecimento científico.

 

Todavia, não menos importante é pensar que, em democracia, os indivíduos tomam decisões sobre políticas científicas e tecnológicas cada vez que votam.

 

Será que podemos confiar em nós próprios para tomar tais decisões se não soubermos o suficiente sobre ciência e tecnologia?

 

Repare-se que, atualmente, grande parte das decisões do nosso dia-a-dia requerem qualquer tipo de conhecimento científico ou tecnológico. O que comer? Como viajar? Como desenvolver um estilo de vida saudável? Como cuidar da nossa saúde?

 

Sem conhecimento científico e tecnológico pode tornar-se difícil tomar decisões aparentemente simples.

 

O público – os contribuintes e os consumidores – pagam por produtos de ciência e tecnologia. De acordo com Isaac Asimov, “sem um público suficientemente informado, os cientistas deixarão de ser apoiados financeiramente e serão ativamente perseguidos”.

 

Um conhecimento científico mais abrangente pode também ajudar a reduzir o enorme custo provocado por doenças evitáveis, pela poluição, entre outras questões.

 

Neste contexto, qualquer nação que almeje por um forte sistema científico-tecnológico necessita não apenas de apoiar os seus cientistas como ter um público que compreenda e apoie a causa.

 

Referência: Handbook of Science Communication

Banner Content
Tags: , , , , , , , , , ,

Related Article

0 Comments

Leave a Comment

SEGUE-NOS

GOOGLE PLUS

PINTEREST

FLICKR

INSTAGRAM

LINKEDIN

YOUTUBE

Ebook

Patrocínios

Parceiros Científicos